A+ A A-

Mensagem do Presidente

Caros amigos Tondelenses

Eis-nos chegados ao início de um novo ciclo.
Um ciclo que é consequente a um período de forte discussão de políticas, de opções estratégicas, de visão sobre a leitura da realidade e da necessária prognosticação que alicerça a ambição do futuro.
É neste quadro de valores que a nossa ação se centrará, numa política de proximidade, que olhe para as pessoas e para o nosso futuro, com valores de solidariedade, de coesão territorial, da cidadania construtiva e do respeito pela independência das instituições.
A par desta visão, novos modelos de gestão germinarão, apoiados em estruturas, associações ou empresas intermunicipais, maximizando a boa gestão e a economia de escala.
Mas a vida ensina-nos que a nossa única missão é sermos capazes de ajudar a resolver os problemas.
Sem escolhermos o tempo, sem esperar pela bonança.
Quem pensaria, até ao início da noite do passado domingo de 15 de outubro, que hoje estaríamos confrontados com uma das maiores e mais trágicas realidades do nosso concelho.
Ao mesmo tempo que temos esta horrenda dor profunda, e que eu ainda a sinto mais forte, como primeiro responsável do nosso concelho, não deixo de admirar o sentimento de união e de interajuda, a dádiva, a solidariedade, a corrente de apoio.
Que grandeza de coração das nossas gentes!
É por isso que somos confrontados com uma nova emergência para se revalorizar o nosso concelho, para o que se impõe olhar em frente, a pensar em todos.
Porque queremos continuar a liderar o concelho mais industrializado da nossa região, criando ainda mais riqueza, mais emprego, garantindo condições para aumentar a oferta do parque habitacional (incluindo habitação a custos controlados), para que quem aqui trabalha, vindo de outros concelhos, aqui possa viver.
A ligação do tecido empresarial aos centros de saber e de competências – alicerçados nas universidades, a criação de condições para a realização dos projetos dos nossos jovens, com oferta de emprego qualificado, a valorização contínua das respostas nos serviços de educação, a oferta de propostas no domínio da cultura e da prática desportiva, a matriz social e o apoio à rede de proximidade das nossas IPSS, serão vetores de que não nos desviaremos, na permanente construção desta região de bem-estar.
A par deste caminho, a regeneração da frente ribeirinha, a expansão das duas zonas industriais, a requalificação do parque dos edifícios escolares das escolas secundária e básicas, as novas vias estruturais de acesso ao Lajedo e à A25, bem como a permanente solicitação para ser intervencionado o IP3, a que se associará uma intervenção diligente no quadro da revisão dos fundos comunitários. O trabalho em rede, a coesão territorial, a coesão urbana – onde se reforçará o cuidado com os espaços públicos, a mobilidade assente numa nova lógica de transportes públicos e de circuitos urbanos de proximidade, potenciarão a melhoria das respostas focadas nas pessoas.
Para estas ações contamos com a colaboração de todos, muito particularmente dos técnicos do município, estimulando as suas funções, sabendo que é preciso diferenciar quem se compromete com os interesses do território, apoiando a inovação e a produtividade.
A exigência destes projetos e a missão a que nos comprometemos, evidencia bem o caminho que queremos seguir, com todos vós.

Um forte abraço de amizade.

José António Jesus

Agenda de eventos (2)

Próximos eventos (2)

Sorry, no events.

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife