A+ A A-
12 maio 2022

Tondela debate fundos comunitários e a sua aplicabilidade na região

Durante a manhã de hoje, o Auditório Municipal de Tondela recebeu o EuroRegião Talk, onde o tema principal foi a aplicação dos fundos comunitários e em que medida podem contribuir para o desenvolvimento de uma região. Ao longo da manhã, foram ainda abordados vários temas dedicados ao setor empresarial local.

A presidente da Câmara Municipal de Tondela, Carla Antunes Borges, que presidiu ao evento, realçou que “ser empresário em Tondela requer resiliência" e que “discutir fundos comunitários e a sua aplicabilidade é muito importante na nossa região”.
Durante a sua intervenção na sessão de abertura, Carla Antunes Borges destacou a importância deste tipo de iniciativas dedicadas ao tecido empresarial, realçando que “ser empresário na região Centro é completamente diferente de ser empresário no litoral”, considerando, por isso, “importante discutir fundos comunitários e a sua aplicabilidade na região”, olhando já para o novo quadro comunitário Portugal 2030.
“O trabalho de networking que começamos a fazer hoje, com esta sessão, e que dá continuidade ao trabalho destes últimos anos é importante. As relações, troca de experiência e partilha, daquilo que fazemos no dia-a-dia, muitas vezes serve para que outros possam dinamizar um conjunto de iniciativas e alavancar um futuro em conjunto e um futuro próximo. É nesta lógica de desenvolvimento integrado e de desenvolvimento colaborativo que nos posicionamos enquanto executivo municipal”, salientou.
Ricardo Vidal, administrador da Interecycling, empresa sediada no concelho de Tondela que se dedica à reciclagem de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos, abordou a importância dos fundos europeus no crescimento da sua empresa, afirmando que estes “são necessários para garantir a inovação do setor empresarial em Portugal”, havendo necessidade de coordenar todo o processo. O empresário explicou, ainda, que a Europa está a passar por um conjunto de medidas e processos, como o Green Deal, o Novo Pacto Ecológico Europeu, a descarbonização e o desenvolvimento da economia circular que espelham aquilo que os países vão ter que mudar e atingir nas suas economias num espaço de 20 anos.
De acordo com o estudo realizado pela Universidade Nova SBE apresentado hoje, pelo professor Pedro Brinca, Tondela encontra-se na posição 203 do ranking de apoio dos fundos europeus em percentual do Valor Acrescentado Bruto (VAB) e ocupa a posição 70 no ranking dos municípios da região Centro no que respeita a apoios aprovados.
A sessão terminou com uma mesa redonda, onde especialistas de várias áreas se debruçaram sobre a importância dos fundos comunitários e como as empresas podem crescer com a aplicabilidade dos mesmos, nas várias áreas. “Os fundos existem e cada uma das empresas deve procurar a melhor forma de tirar partido dos instrumentos que têm ao seu dispor”, realçou João Duarte, publisher do jornal EuroRegião.

 

 

 

Agenda de eventos (2)

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife