A+ A A-
02 maio 2012

Tondela promoveu fase distrital do Concurso Nacional de Leitura

Realizou-se na passada sexta-feira, dia 27 de Abril em Tondela, a fase distrital do Concurso Nacional de Leitura.

 

Integrada no programa da Festa do Livro e da Leitura que a Biblioteca Municipal Tomaz Ribeiro ofereceu ao longo de 10 dias a toda a comunidade escolar do concelho, população em geral e frequentadores assíduos daquele espaço de cultura e lazer, o evento realizado, quer na biblioteca municipal – prova escrita – quer no auditório 1 da Acert – provas orais, espectáculo de animação e resultados finais – decorreu em ambiente apoteótico, com uma grande moldura humana, constituída por alunos, professores e demais assistentes.
Presentes à chamada, estiveram alunos e professores das escolas de Armamar, Carregal do Sal, Castro Daire, Cinfães, Mangualde, Moimenta da Beira, Mortágua, Oliveira de Frades, Penedono, Resende, S. João da Pesqueira, S. Pedro do Sul, Viseu, Sátão, Tondela, Sernancelhe, Tabuaço, Tarouca, Vila Nova de Paiva e Viseu, totalizando 139 alunos, do 3º ciclo e ensino secundário, acompanhados por 53 professores.

Após a chegada de cada escola e distribuídas as pastas com documentação diversa a alunos e professores, aqueles pelas 11.00h, dirigiram-se aos espaços destinados a realizarem as suas provas, sala polivalente para os alunos do 3º ciclo, sala geral de leitura, para os alunos do secundário.
Aos alunos do 3º ciclo coube responder a perguntas de escolha múltipla sobre as seguintes obras, lidas antecipadamente com base no conhecimento do regulamento da prova: “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar”, de Luís Sepúlveda e “O mundo em que vivi” de IIse Losa. Além de comentarem sobre cada livro, uma de duas questões colocadas. Por sua vez, aos alunos do ensino secundário coube responder a perguntas de escolha múltipla sobre as seguintes obras, lidas antecipadamente: “Crónica de uma morte anunciada”, de Gabriel García Marquez e “O mandarim” de Eça de Queiróz. Além de comentarem uma afirmação, escolheram uma de duas questões, para em poucas linhas e usando do seu poder de síntese, tentarem reflectir sobre a problemática dada.

Enquanto os jovens estudantes das escolas do distrito de Viseu faziam o seu melhor, os professores acompanhantes dirigiram-se ao museu municipal Terras de Besteiros, onde os esperavam os técnicos e responsáveis pelos Serviços Educativos do museu, onde puderam visualizar um vídeo promocional do Concelho de Tondela e desfrutar das explicações sobre a exposição permanente.
Depois do almoço oferecido pelo Município a todos os convidados, realizado nos refeitórios do Centro Escolar de Tondela e da Escola Secundária de Tondela, a comitiva dirigiu-se para as instalações da Associação Cultural e Recreativa de Tondela – Acert – onde, enchendo por completo o auditório 1, teve início a segunda parte do concurso.

Os trabalhos da parte da tarde foram apresentados e conduzidos pelo Chefe de Divisão da Cultura e Comunicação do município. Para tal, apresentou em primeiro lugar o júri, responsável pela elaboração das questões, sua correcção e decisões sobre as melhores provas. Era constituído por: Presidente, Maria Luísa de Albuquerque Melo, técnica superior da Biblioteca Municipal; Rui Marques Veloso, professor aposentado da Escola Superior de Educação de Coimbra, membro efectivo da IRSCL (Intenational Research Society for Children’s Lierature), mestre em Literatura Portuguesa Contemporânea, na especialidade de literatura infantil; José valle de Figueiredo, escritor e ensaísta com variadíssima obra literária e poética, consultor de várias autarquias para questões relacionadas com a Cultura e o património Cultural, director do Centro de Estudos Tomaz Ribeiro e dos “Cadernos Dom Jaime” e director do jornal centenário “Folha de Tondela”, o semanário mais antigo do Distrito de Viseu.

Os resultados para a selecção dos candidatos à final foram os seguintes: do 3º ciclo, Ana Garrido de Viseu (17,5 valores), Natália Demenchuck de Moimenta (17,5 val.), Francisca Trigo de Viseu (17,5 val.), Ana Gouveia de Castro Daire (17 val.), Beatriz Vieira de Tondela (17 val.) e Inês Santos de Vila Nova de Paiva (17 val.). Do ensino secundário, os finalistas foram os alunos: Daniel Silva de Mangualde (19 valores), Marta Lima de Tarouca (18 val.), Ana Oliveira de Viseu (17 val.), Ana Branquinho de Viseu (17 val.), Ana Gouveia de S. Pedro do Sul (17 val.) e Daniela Vaz de Sátão (17 val.).
Seguiram-se as provas orais, em que os alunos foram chamados a ler de uma forma expressiva um pequeno trecho de uma obra que tinham lido antecipadamente, e ainda com base nas perguntas de reflexão da prova escrita, os estudantes, oralmente, expuseram para a audiência ouvir, as suas ideias e reflexões sobre temas que lhe tinham sido propostos.

Enquanto os alunos se exercitavam para as provas orais, houve lugar a um pequeno espectáculo musical a cargo do Grupo Coral e Instrumental do Agrupamento de Escolas de Tondela. Com cerca de 70 executantes e dirigidos pelos professores António Santos, Cristina Salgueiro e Ana Portugal, estes jovens músicos e coralistas interpretaram temas da música lusófona, ou não fosse este o tema escolhido para a Festa do Livro e da Leitura de Tondela 2012: A Lusofonia.

Após análise das respostas dadas, o júri considerou atribuir os seguintes resultados da fase distrital (Distrito de Viseu) do Concurso Nacional de Leitura. Para o 3º ciclo: o 1º lugar coube a Natália Demenchuck de Moimenta da Beira, o 2º lugar para Ana Garrido de Viseu e 3º lugar para Inês Santos de Vila Nova de Paiva. Para o ensino secundário: o 1º lugar foi atribuído a Daniel Silva de Mangualde, o 2º lugar a Ana Branquinho de Viseu e o 3º lugar coube a Marta Lima de Tarouca.

Para a entrega dos prémios subiu ao palco o Sr. Vice-presidente do Município e Vereador dos Pelouros da Cultura e Educação, José António de Jesus, a representante da Direcção Geral dos Livros e das Bibliotecas, Catarina Costa Macedo e a Coordenadora Inter-concelhia da rede de Bibliotecas Escolares, Helena Duque.
Na ocasião, o Sr. Vereador dos Pelouros da Cultura e Educação apresentou a todos os presentes calorosas saudações, apontando como facto significativo a grande adesão das escolas do distrito a esta iniciativa de Tondela. Na certeza que a comunidade educativa e principalmente os professores ali representados souberam dar as respostas, os incentivos e a preparação para os alunos ali estarem a mostrar os seus conhecimentos, desejou a todos as melhores felicidades na prossecução dos seus objectivos escolares.

Após a entrega dos prémios, constituídos por ofertas de cheques livros da Livraria Bertrand aos classificados, livros aos restantes finalistas, além das edições do Município de Tondela, deu-se por encerrada o concurso.
A organização do concurso esteve a cargo da equipa da Biblioteca Municipal, que com brio e profissionalismo, soube acolher e corresponder na perfeição às expectativas postas na organização de tão complexo programa.

Divisão de Cultura
Biblioteca Tomaz Ribeiro

Agenda de eventos (2)

Próximos eventos (2)

Sorry, no events.

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife