SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO 2018

"Desafios para uma Educação de Futuro" é o mote para o Seminário de Educação que o Gabinete de Educação do Município de Tondela irá realizar já no próximo dia 27 de janeiro. Reconhecendo que a educação contribui de forma preponderante para a melhoria das condições de vida da população, motivo pelo qual deve ser um vetor essencial no desenvolvimento e progresso da sociedade, a Câmara Municipal de Tondela está empenhada em trazer a Tondela um leque de oradores de referência Ibérica.

Este ano o seminário será acreditado, relevando para os efeitos previstos no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores do Ensino Básico e Secundário. A certificação poderá ser requerida ao Centro de Formação da Associação de Escolas do Planalto Beirão, nos trinta dias subsequentes ao seminário, mediante o preenchimento do formulário entregue pelo secretariado, ou descarregue aqui.

cartaz


PROGRAMA
27 janeiro de 2018

horário atividade
08:30 Credenciação - Abertura Secretariado
08:50 Encerramento Secretariado
09:00 Sessão oficial de abertura
  • Dr. José António Jesus – Presidente da Câmara Municipal de Tondela
  • Dr.ª Rosa Carvalho - Diretora do Centro de Formação Associação Escolas do Planalto Beirão
  • Dr.ª Helena Gonçalves - Diretora Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo
  • Dr. Júlio Valente - Diretor Agrupamento de Escolas de Tondela Tomaz Ribeiro
  • Eng. António Dias - Diretor Pedagógico Escola Profissional de Tondela
09:30 Painel 1 – ALUNOS QUE MERECEM MAIS AUTORIDADE E DISCIPLINA
  • Prof. Doutor Laborinho Lúcio | Ex-Ministro da Justiça
  • Moderador: A definir
10:30 Coffe-break
11:00 Painel 2 – MOTIVAÇÃO PARA A COMPETÊNCIA: O PAPEL DA INTELIGÊNCIA NO DESEMPENHO E NO SUCESSO
  • Prof.ª Doutora Luísa Faria | Universidade do Porto
  • Moderador: a definir...
12:00 Almoço
14:00 Painel 3 – QUANDO O CÉREBRO DO SEU FILHO VAI À ESCOLA
  • Prof.ª Doutora Ana Rato | Psicóloga e Investigadora
  • Prof. Doutor Alexandre Castro Caldas | Diretor do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa
  • Moderadora: a definir
15:15 Painel 4 – QUE PROFESSORES E ALUNOS QEREMOS PARA UMA ESCOLA DE FUTURO?
  • Prof. Doutor DAVID JUSTINO | Presidente do Conselho Nacional de Educação
  • Moderador: a definir
16:30 Encerramento da sessão de trabalhos
  • Dr. Tiago Brandão – Ministro da Educação
  • Dr. José António Jesus – Presidente da Câmara Municipal de Tondela
  • Dr.ª Rosa Carvalho - Diretora do Centro de Formação Associação Escolas do Planalto Beirão


PRELETOR - Painel 1 (09h30)
LABORINHO LÚCIO

Álvaro Laborinho Lúcio, mestre em Ciências Jurídico-Civilísticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e magistrado de carreira, é juiz conselheiro jubilado do Supremo Tribunal de Justiça. De Janeiro de 1990 a Abril de 1996 exerceu, sucessivamente, as funções de secretário de Estado da Administração Judiciária, ministro da Justiça e deputado à Assembleia da República. Entre Março de 2003 e Março de 2006, ocupou o cargo de ministro da República para a Região Autónoma dos Açores. Com intensa actividade cívica, é membro dirigente de várias associações, entre as quais se destacam a APAV e a CRESCER-SER, das quais é sócio fundador. Com artigos publicados e inúmeras palestras proferidas sobre temas ligados, entre outros, à justiça, ao direito, à educação, aos direitos humanos e à cidadania em geral, é autor de livros como A Justiça e os Justos, Palácio da Justiça, Educação, Arte e Cidadania, O Julgamento – Uma Narrativa Crítica da Justiça – e, em co-autoria, Levante-se o Véu. Agraciado pelo rei de Espanha com a Grã-Cruz da Ordem de São Raimundo de Peñaforte, e pelo presidente da República Portuguesa com a Grã- Cruz da Ordem de Cristo, é membro da Academia Internacional da Cultura Portuguesa, exercendo, actualmente, as funções de presidente do Conselho Geral da Universidade do Minho

PUBLICAÇÕES:

  • O Julgamento (2012) - «[…] este é o produto de uma memória propositadamente não elaborada, sem trabalho de reconstituição, escorrendo em palavras a partir de uma mistura de lembranças e de esquecimentos, desprendida do rigor das provas, alheada dos documentos, dispensada de graves desígnios de certeza como fundamento de uma razão que se quer ver reconhecida. É uma memória… apenas memória! Como acontecia com as testemunhas que eu ouvi! Sem preocupações científicas, falando para gente comum, este livro de restos procura a justiça seguindo o trilho deixado pelas pegadas de muitos. Pelas minhas próprias pegadas. Nele encontro histórias. Revejo factos. Surpreendo pessoas. Releio ensaios. Confesso fracassos. Esqueço erros. Louvo e censuro. Num constante recomeço. Tudo na ilusão, apenas, da justiça.»


PRELETOR - Painel 2 (11h00)
HELENA ÁGUEDA MARUJO

Helena Águeda Marujo é Docente no Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas da Universidade de Lisboa, onde é secretária do Mestrado em Politicas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos e coordenadora executiva do Executive Master em Psicologia Positiva Aplicada. É doutorada em Psicologia pela Universidade de Lisboa, e investigadora do CAPP – Centro de Administração e Politicas Públicas. É titular da Cátedra UNESCO de Educação para a Paz Global Sustentável. É membro da Direcão da International Positive Psychology Association e Presidente da Associação Portuguesa de Estudos e Intervenção em Psicologia Positiva. Coordena uma Unidade de Missão – ISCSP Wellbeing – destinada à promoção e estudo do bem-estar no contexto Universitário. É docente convidada na St Joseph University em Macau e na North-West University da Africa do Sul.

PUBLICAÇÕES:

  • Positivamente (2011) - Será que sou capaz de me sentir feliz aqui e agora? Sentir-me realizada com o meu dia-a-dia? Satisfeita com a minha vida? Ser mais positivo na minha relação com os outros? Treinar-me para viver num maior equilíbrio emocional? Deixar de lado o pessimismo habitual e aumentar a confiança de que serei capaz de resolver os problemas da minha vida? Catarina Rivero e Helena Águeda Marujo garantem-nos que sim. É possível. E, por incrível, que pareça, para conseguir viver Positiva-mente basta dar pequenos passos para alcançar grandes mudanças. Na realidade, o que nos faz aumentar as nossas emoções positivas, como a alegria, o contentamento, o amor, ou o que nos pode ajudar a descobrir mais sentido para o que somos e fazemos, são mudanças e acções aparentemente simples, básicas, leves, sem complicações: - Passar a listar diariamente as coisas boas que acontecem ao longo do dia; - Substituir a linguagem crítica por uma linguagem positiva; - Alimentar a ternura e a admiração pelo seu companheiro e escutá-lo apreciativamente; - Colocar mais riso na sua vida; - Dedicar tempo aos amigos e às relações importantes da vida; - Sonhar, planear e concretizar o que considera ser um «dia ideal»

  • Optimismo e Esperança na Educação (2004) - O propósito dos autores deste livro é servir de fonte inspiradora para a procura de soluções positivas, apelando ao optimismo. Com base em estudos recentes propõem uma análise baseada na sensibilização para as práticas que funcionam. Assumidamente norteado pela utopia de uma «escola de sonho», o pressuposto dos autores é que a escola é uma comunidade relacional com uma dinâmica muito própria. Sem se recorrer a grandes mudanças curriculares ou investimentos externos, é possível trabalhar no sentido de graduais mudanças comunicacionais, emocionais e relacionais que estimulem o gosto por uma participação empenhada e construtiva. Bem identificados com a realidade a que se reportam, os autores fornecem inúmeras pistas e ideias devidamente formatadas com que os professores poderão trabalhar com base em exemplos práticos e situações concretas.


PRELETOR - Painel 2 (11h00)
LUIS MIGUEL NETO

Luís Miguel Neto é Docente no Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas da Universidade de Lisboa, onde faz a coordenação cientifica do Executive Master em Psicologia Positiva Aplicada. É investigador do Centro de Administração e Politicas Públicas. Recebeu o grau de Doutor em Educação pela Univ. de Massachusetts e possui uma pós-graduação em Terapia Familiar Sistémica da Faculdade de Medicina da Univ. de Sevilha. Formador e autor, tem seis livros publicados e inumeros capítulos em livros e revistas cientificas. É vice-presidente da Associaão Portuguesa de Estudos e Intervenção em Psicologia Positiva. É membro da Direcção da Positive Psychology Association. É docente convidada na St. Joseph University em Macau e na North-West University da Africa do Sul.

PUBLICAÇÕES:

  • Férias com Açúcar (2011) - Livro para as crianças levarem de férias e aplicarem os conhecimentos adquiridos de uma forma muito divertida e descontraída. Inclui fichas de inglês e soluções, permitindo aos pais acompanharem as actividades dos seus filhos.

  • Educar para o Optimismo (2000) - Dos autores da obra Família e Sucesso Escolar também da colecção Ensinar e Aprender, um livro destinado a pais e educadores empenhados em dar lugar a uma geração caracterizada pela positividade, pelo êxito e pela alegria. Através da análise dos factores que envolvem a prática do optimismo e de todos os aspectos interiores ou exteriores que concorrem para a perturbar, os autores de Educar para Optimismo veiculam de uma forma clara e deculpabilizadora um conjunto de fórmulas educacionais capazes de promover a construção de uma vida feliz e positiva. Indispensável.


PRELETOR - Painel 3 (14h00)
JOANA RATO

Psicóloga da Educação desde 2003 e doutorada em Ciências da Saúde (na especialidade de Neuropsicologia) pelo Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da Universidade Católica Portuguesa (UCP) desde 2014. Atualmente desenvolve trabalho de Pós-Doutoramento no Centro de Investigação Interdisciplinar em Saúde(CIIS) da UCP, com o projeto Mind, Brain and Education: A school-university partnership,onde orienta um grupo de trabalho em Mente, Cérebro e Educação constituído por uma equipa multidisciplinar. Em 2013 recebeu o Alumni Award da James S. McDonnell Foundation que permitiu a sua participação na 3rd Latin-American School for Educational, Cognitive and Neural Sciences e em 2015 ganhou o Prémio de Mérito da Fundação D. Pedro IV. Os seus interesses de investigação passam pela Neuropsicologia aplicada à Educação com destaque para a avaliação neuropsicológica de crianças e adolescentes.

PUBLICAÇÕES:

  • Quando o Cérebro do seu filho vai à escola (2017) - Os mais recentes desenvolvimentos no conhecimento do cérebro e o crescente interesse na sua aplicação para a área da educação levam à necessidade de clarificar e distinguir factos científicos de extrapolações precipitadas. O ritmo a que a ciência avança parece lento quando comparado com as expectativas associadas às questões do ensino e da melhoria dos processos de aprendizagem. A curiosidade dá energia ao cérebro? Quanto maior a acumulação de dívidas de sono menor a capacidade de consolidação de novas informações? Questionar e socializar fortalece a cognição? A propensão dos adolescentes para correrem riscos está relacionado com as zonas cerebrais que ainda não atingiram a sua maturação? O exercício físico favorece a memória? O treino musical modifica estruturalmente o cérebro? Neste livro, seguimos o caminho percorrido pela ciência e destacamos o que atualmente se investiga, relançando o estudo do «cérebro que aprende», nas crianças e jovens em idade escolar, para um futuro que nos parece ser promissor.


PRELETOR - Painel 3 (14h00)
ALEXANDRE CASTRO CALDAS

Alexandre Castro Caldas é Professor Catedrático de Neurologia e Diretor do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa. Foi até 2004 Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa. Dedica-se fundamentalmente ao estudo das Neurociências Cognitivas sendo autor de 7 livros e mais de duzentos artigos e capítulos sobre estes temas. Foi Presidente da International Neuropsychological Society que em 2009 lhe atribuiu o Distinguished Career Award. Entre outros prémios recebidos em Portugal para o trabalho científico destaca-se o grande prémio Bial de Medicina em 2002.

PUBLICAÇÕES:

  • A Vida do Cérebro (2016) - A maioria dos órgãos do nosso corpo está destinada a desempenhar a mesma função durante toda a vida. É sabido que essas funções vão perdendo eficácia com o passar do tempo; este é, no fundo, o processo normal do envelhecimento. O cérebro é o único órgão que vai mudando qualitativamente de função ao longo da vida, interagindo e adaptando-se sempre com o meio ambiente, e também dialogando permanentemente com o sistema endócrino. Neste livro vamos percorrer a vida do cérebro desde que começa a formar-se até que deixa de ter ação, como se de um livro de instruções se tratasse: Começando pela formação do cérebro no embrião, seguindo pelos primeiros meses de vida do bebé, pesquisando a sua inteligência oculta; entrando depois na adolescência, a idade da revolução; passando depois pela idade adulta, altura em que se tem filhos e em que se trabalha, e finalizando na idade mais avançada, completando-se assim esta longa e fascinante viagem.

  • Questões sobre Ensino e Aprendizagem (2012) - Este manual pretende ajudar a reflectir sobre o que é aprender e ensinar. Na primeira unidade, Teorias clássicas da aprendizagem, apresentam-se diversos modelos sobre a aprendizagem e os factores que nela intervêm, estimulando um olhar crítico sobre os mesmos. Na segunda, As neurociências ao serviço da escola, procura-se despertar para a necessidade de conhecer os mecanismos neurobiológicos que são os alicerces das operações mentais subjacentes à aprendizagem. Na terceira, Estratégias de ensino, lança-se um desafio aos professores: o de procurarem encontrar a melhor e mais eficaz via para os aprendentes se apropriarem dos conteúdos curriculares em causa em cada acção de ensino.


PRELETOR - Painel 4: 15h00
DAVID JUSTINO

David Justino nasceu em Oeiras em 1953. Licenciado em Economia, pós-graduado em História Económica e Doutorado em Sociologia, é atualmente Professor Associado com Agregação do Departamento de Sociologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas e investigador do CICS.NOVA – Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa. Recebeu o Prémio Gulbenkian de Ciência 1987 (Ciências Sociais e Humanas). Foi Ministro da Educação do XV Governo Constitucional (2002-2004). É Consultor para os Assuntos Sociais do Presidente da República. Preside ao Conselho Nacional de Educação.

PUBLICAÇÕES:

  • Fontismo (2016) - «A questão central que pretendo esclarecer neste trabalho não decorre da avaliação do que foi a política do fontismo, das suas concretizações e inconsequências ou do impacto que teve no desenvolvimento económico e social do Portugal oitocentista. […] O que me interessa compreender e explicar é o contexto da acção e das estratégias políticas, não as suas consequências. Interessa-me compreender e explicar porque foram adotadas determinadas políticas e não outras, porque se deu prioridade a determinado tipo de investimentos e não a outros, em que bases assentou a continuidade, pelo menos durante cerca de quatro décadas, de um projecto de mudança económica e social que melhor ou pior se identifica com esse termo peculiar fontismo.»

  • Difícil é Educá-los (2010) - Partindo da consciência do atraso educativo português, o autor analisa os diferentes factores que o poderão explicar, centrando-se em três dimensões: mais educação, melhor educação e maior equidade social. Conclui que a evolução do sistema de ensino se traduziu num aumento da escolarização e dos indicadores de cobertura nacional, mas nem por isso conseguiu atingir os níveis de qualidade correspondentes às expectativas dos portugueses. Esta evolução divergente não permitiu nem uma maior equidade social nem o retorno esperado do investimento realizado. Depois de recolocar o problema dos objectivos do sistema de ensino e do papel a desempenhar pelo Estado, o autor aborda as dificuldades de reforma e a urgência em se reflectir sobre o futuro da educação.


INSCRIÇÕES
Online

Faça a sua inscrição no Seminário de Educação AQUI


ACREDITAÇÃO
Centro de Formação da Associação de Escolas do Planalto Beirão

Depois de fazer a sua INSCRIÇÃO ONLINE, preencha e devolva ao CFAEPB o PEDIDO DE CERTIFICAÇÃO AQUI * A Ficha de Inscrição terá que estar integralmente preenchida, devidamente assinada pelo(a) Diretor(a) do AE onde exerce funções e carimbada;

Também deve entregar, devidamente preenchido, o requerimento aqui


LOCALIZAÇÃO
Contactos

O Seminário decorrerá no Auditório 1 da ACERT (Tondela), na rua Dr. Ricardo Mota. 40º31'17.602"N 8º5'0.992"W

Município de Tondela
Gabinete de Educação
Telf. 232 811 110
E-mail: educacao[arroba]cm-tondela.pt