A+ A A-

Rede de Fontanários

Controlo da Qualidade da Água - Rede de Fontanários de origem única

O Município de Tondela é Entidade Gestora de 40 Zonas de Abastecimento, relativos a fontanários de origens única, em pequenos aglomerados, dispersos por uma grande área rural/florestal, predominantemente da serra do Caramulo, correspondendo a aproximadamente 3% da população do Concelho de Tondela.
Para avaliar e demonstrar a conformidade dos requisitos de qualidade estabelecidos para a água utilizada para consumo humano, definidos no Decreto-Lei n.º 306/2007, de 27 de agosto, com as alterações introduzidas pelo Decreto Lei n.º 152/2017 de 7 de dezembro, o Município de Tondela, elabora anualmente, até 30 de setembro, e submete à aprovação da ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos), que é a autoridade competente para a coordenação e fiscalização da legislação que regula a qualidade da água para consumo humano, o Programa de Controlo da Qualidade da Água (PCQA) para o ano seguinte, no qual são definidos os parâmetros a analisar, as datas de colheita das amostras e os respetivos pontos de amostragem.
Os parâmetros a analisar dividem-se em três grupos: Parâmetros de Controlo de Rotina 1, Parâmetros de Controlo de Rotina 2 e de Controlo de Inspeção.
Nos termos da legislação em vigor, as situações de incumprimento dos valores limites estabelecidos, são comunicadas de imediato à Autoridade de Saúde e à ERSAR, sendo simultaneamente tomadas as medidas corretivas consideradas adequadas.
O laboratório que realiza as recolhas das amostras e efetua as análises é Acreditado e, está integrado na lista de laboratórios aptos pela ERSAR.
Trimestralmente são elaborados Editais contendo os resultados do controlo analítico, por cada Zona de Abastecimento, sendo os mesmos publicados no pagina do Município e enviados também à Autoridade de Saúde e às Juntas de Freguesia para divulgação.
A indicação de “Água Não Controlada”, não significa que a água daquela fonte ou fontanário seja imprópria para consumo, mas também não garante que ela cumpra todos os parâmetros (microbiológicos, químicos e indicadores) para que seja considerada própria. Estas placas alertam os munícipes, para o facto daquela água não estar sujeita a um plano de controlo e qualidade da água periódico, aprovado pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR).

 

- Água própria para condumo em Várzea do Homem 25 Outubro 2019

- Água imprópria para consumo no fontanário de Várzea do Homem - Dardavaz

- Planta de Infraestruturas

 

Editais

2019: N.º 1, N.º 2, N.º 3, N.º 4

2018: N.º 1, N.º 2, N.º 3, N.º 4

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife