A+ A A-

O Tom de Festa arranca no próximo dia 17 de julho e traz a Tondela, até dia 20 de julho, o que de melhor se faz na área da música mundial.

Na conferência de imprensa de apresentação deste grande evento da ACERT, do qual o Município é parceiro, o presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António Jesus, destacou a longevidade daquele que é um dos festivais mais antigos da região, mas que, de ano para ano, se renova.
“Não se trata de uma réplica de nenhum outro festival, mas antes de um festival com autenticidade, com músicas do mundo alternativas e de qualidade. Fazer bem e melhor, sendo criativos é a grande arma desta instituição, que nos motiva a ser parceiros deste projeto, de dinamização e afirmação cultural do concelho”, referiu.
Com um orçamento que ronda os 40 mil euros, sendo pouco mais de metade apoio do Município de Tondela, a pulseira para entrada nos quatros dias do festival terá um custo de 5 euros, sendo o primeiro dia de entrada livre a toda a comunidade.
De acordo com José António Jesus este é um esforço que o Município de Tondela faz em relação a esta instituição e que é indispensável para garantir os patamares de referência a que a ACERT habituou o público.
“Fazemo-lo porque acreditamos que, através da cultura e destas iniciativas, contribuímos muito para a valorização da qualidade de vida num território inclusivo, com iguais oportunidades e oferta cultural muito acima de outros concelhos”, justificou.
A apresentação da programação da 29ª edição do Tom de Festa coube a Ilda Teixeira, que frisou que este continua a ser um encontro de culturas e ideias, um espaço de artistas de várias geografias com distintos percursos e vivências.
“É um espaço virado para o mundo,  que mantem a sua identidade local e a sua relação profunda com a comunidade envolvente. Convém sublinhar, que este é um espaço para a festa da música cuja realização só é possível pelo compromisso que se estabelece, a cada ano,  com os vários agentes de desenvolvimento local: as empresas de pequena, média e grande dimensão; e a autarquia que potencia a capacidade criativa dos agentes culturais  e que entende que a cultura é um agente que cria riqueza e desenvolvimento”, referiu.
No seu entender, só este compromisso torna possível que o das entradas seja tão acessível, “garantindo que todos os cidadãos possam usufruir, da mesma forma e com o mesmo direito,  da música, das artes plásticas, da animação e da gastronomia  deste Tom de Festa”.
“É justamente essa é a função dos subsídios e dos apoios atribuídos pelas entidades governativas: garantir que a cultura possa chegar a todos os cidadãos, independentemente  das suas condições económicas”, evidenciou.
Sobre a programação, Ilda Teixeira explicou que as propostas vão do rock, ao folk, à música urbana e contemporânea e à música mais alternativa.
Tom de Filmes II, Cão Danado, B Fachada, Nação Vira lata, Branco Galóic Quartet, The Led Farmers, Selma Uamusse e Tiwiza são algumas das propostas.

Agenda de eventos (2)

Próximos eventos (2)

Sorry, no events.

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife